Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

IT-Woman

Inspiring Others, by Sandra Leonardo

IT-Woman

Inspiring Others, by Sandra Leonardo

Dom | 19.03.17

Pai#Um laço muito forte

Sandra Leonardo

Olá,

Hoje, dia dedicado a todos os pais, quero deixar aqui o meu contributo, sem sugestões de prendas (claro que são sempre bemvindas se entenderem oferecer). Não vou apelar ao consumismo frenético que este e outros dias do género  suscitam, mas tão-somente ao fortalecer laços.

É verdade, quantos de vocês já têm os presentes embrulhados no melhor papel, decorado com a fita mais bonita, prontos para esticar o braço e ofertá-lo àquele a quem chamam pai desde que se conhecem como gente. Com o pormenor de não terem sido vocês a escolher o presente, pois é..., nessas alturas mães avós, namoradas tias ou amigas entram em acção... - dá-me uma ideia para compar qualquer coisa ao velho não sei o que oferecer, sabes como é não tenho tempo para andar às compras, ou não tenho jeito, ou não tenho dinheiro para isso...

Well, queridinhos e queridinhas, eu acredito que não há melhor presente para o Pai que o abraço bem apertado de um filho, um beijo carinhoso (rapazes aprendam a beijar os vossos pais, esqueçam o aperto de mão, afinal não vão assinar contrato), um telefonema inesperado  - só porque sim pai, para saber como estás. Dizer eu amo-te, é uma questão de hábito que com o tempo se vai tornando uma necessidade, e isto vale para os dois lados, afinal é no dar e no receber que se encontra o equilibrio e a harmonia. 

Sugiro então que independentemente da idade (do pai e dos filhos) neste dia do Pai, vão com o vosso pai passear para um lugar ao ar livre,caminhem, conversem sobre coisas banais  que vos façam rir ou chorar (somos humanos!) que aumente a vossa cumplicidade, que vos deixe descontraídos. Não tenham receio de dar o braço ou mesmo de andar de mãos dadas e no fim do dia digam-lhe que gostaram muito da companhia dele e que têm que repertir mais vezes.

Se não puderem passear, partilhem o momento da forma que vos for possível, mas sempre de modo a que o Pai se possa sentir o mais especial do mundo e arredores

Acredito que depois deste momento de partilha vão descobir coisas que não sabiam um do outro e que ajudarão a compreender melhor e a respeitar a personlidade de cada um, e o melhor de tudo o laço que vos une sairá bem mais reforçado.

Quanto ao meu pai, para ele vai um abraço bem apertado daqui até ao céu

 

Vou escrever mais adiante um artigo sobre a influência da figura paterna na construção da personalidade de rapazes e raparigas, até lá desejo-vos um dia do Pai cheio de abraços e beijos